29 de mar de 2018

33 COISAS SOBRE MEUS 33 ANOS



Sim, eu tenho 33 anos e isso me assusta ás vezes...Foi bem mais rápido do que eu imaginei, quando eu ainda era bem criança, tipo uns 7 anos (idade do meu filho) eu achava que ter 30 anos já era ser bem velha, e olha ai eu com 33,rs...Queria poder dizer para a Vivian de 7 anos que ter 30 anos não é ser velha, e que minha avó ainda diz que estou começando a vida, que sou uma garotinha, e eu acredito!

Esse post deveria ter ido ao ar exatamente no dia 15, que é o dia do meu nascimento, mas agora vivo para amamentar e nem sei como tive tempo de escrever esse post,rs...

1. Não gosto de festas de aniversário;
Nunca gostei, chorava em todas as minhas festinhas de criança e até hoje fico com receio de festas surpresas, não gosto de estar ali no centro e todo mundo cantando e olhando pra mim...

2. Amo fazer aniversário em janeiro;
Nossa como eu adoro ter nascido nesse mês, é um começo de ano e de vida pra mim. Me sinto renovada.

3.Até hoje sinto falta do meu pai;
Estou na metade sabe, metade da minha vida eu vivi com meu pai e a outra metade sem ele, nem consigo acreditar que já se passaram 16 anos e eu sobrevivi.

4. Descobri que sou muito FORTE;
Descobri o real significado de resiliência e descobri também uma força que jamais achei que existisse em mim, passei por muitos momentos de provação e posso dizer que consegui superar, no amor e na dor!!!

5.Comecei excluir pessoas tóxicas da minha vida;
Sim, me dei conta de quem realmente soma na minha vida e o restante foi excluído, não todos, mas aos poucos estou fazendo a limpa.

6. Descobri o maior amor da minha vida;
Fui mãe, sou mãe e esse é definitivamente o maior AMOR da minha vida.

7. Ainda gosto de colecionar alguns brinquedos;
Ás vezes me pego trocando alguns bonequinhos de kinder ovo, playmobil com meu filho,rs. E em uma dessas vezes ele me perguntou: "Mas você é adulta? por que gosta de brinquedos?" Até hoje não consegui responder,rs!

8. Não sei dirigir;
Uma dica: tire habilitação com 18 anos, porque depois os "medos" vão chegando e ficando por ali,rs, depois que fui mãe então, os medos se instalaram em mim,rs!!!

9. Gosto de ficar em casa;
Sim, eu amo chegar em casa, tomar banho quentinho, ler meu livro, ver TV, comer coisinhas gostosas,rs!

10. Passei em dois concursos público;
Sinto tanto orgulho de mim mesma, me olho no espelho e falo:" Caraca, você é muito foda!"
Sempre sonhei em passar em concursos público e consegui, em dois, Estado e prefeitura.

11. Construí uma família linda;
Não sozinha, é claro, meu marido, meu filho,minha pequena Luísa e eu, construímos uma família incrível, também tenho muito orgulho disso.(Meu pai deve estar bem feliz com isso também);

12. Adotei uma cadelinha;
A Lola chegou aqui em casa há 2 anos e desde então tem sido só amor e alegria,ela teve 4 bebês e ficamos com um: o Fumaça. Adota também!!

13. Adoro ver desenhos;
Ainda hoje prefiro ver desenhos animados do que qualquer outra coisa, Três espiãs demais é um dos meus favoritos.

14. Quero ir para França;
Quando criança achava que aos 30 anos já falaria Francês, but isso não aconteceu...mas eu continuo sonhando em ir a França e ver toda a história da arte bem de pertinho...

15.Canjica é vida;
Minha sobremesa preferida desde que nasci é canjica,rs. Com leite condensado, paçoca,canela e cravo,humm!!!

16. Nunca termino um planner;
Sério, isso deve ser um problema, mas todas as minhas agendas, desde criança, eu nunca passa do mês de março,kkkk...Meus planners são todos preenchidos até fevereiro/março, depois eu vou fazendo tudo mentalmente achando que td dará certo, sqn!!

17. Me cobro demais;
Sou muito chata comigo mesma, me cobro muito, mas já estou resolvendo toda essa exigência, inclusive farei um post sobre esse assunto!!

18. Nunca anoto minhas ideias;
As ideias pipocam na minha mente, a todo momento e eu sempre acho que lembrarei depois, e nunca lembro de nada, até pouco tempo atrás eu tinha um caderno com várias ideias, invenções, logotipos, mas nunca mais anotei nada...

19.33 anos pesam;
Assim que fiz 33 anos senti o peso dos 30(atrasado) sabe, foi tipo um balanço da vida, e isso fez com que ficasse mais pensativa do que nunca...

20. Mudança de estilo;
Sim, essa fase fez com que eu mudasse meu estilo (ainda em mudança), prezo pelo conforto, gosto de preto e branco, cinza e estampas raramente,rs...

21. Passei pela transição capilar;
Eu venciii, comecei a transição assim que fiz 30 anos, depois de 15 anos fazendo progressiva,escova e chapinha, resolvi dar uma chance ao meu cabelo e deixá-lo ser quem ele quiser ser, quem ele sempre foi...Agora aos 32 ele esta todo natural, estou amando e me descobrindo novamente!

22. Gosto do silêncio;
Nossa como eu adoro o silêncio, gosto de ouvir o meu corpo, meu coração, pelo menos 1 hora por dia eu tento estar em silêncio total, me concentro em mim, tipo uma meditação mesmo!!

23. Lições diárias;
Ser mãe me transformou e definitivamente meus filhos tem algo a me ensinar todos os dias. Eu que achei que os ensinaria várias coisas...

24. Adoro cozinhar;
Aqui em casa brincamos de masterchef, e essa "brincadeira" fez com que meus dotes culinários melhorassem muito. Elaboro pratos incríveis e deliciosos,rs!!

25. Prezo pela alimentação saudável;
A alimentação saudável chegou desde que conheci meu marido, ele sempre teve esse estilo de vida e eu aprendi demais com ele e hoje aprendemos juntos. Depois que o Davi nasceu também aumentou a nossa preocupação com a alimentação, procuramos sempre alimentos frescos e saudáveis, não usamos sal, nem açúcar, nem óleos, e estamos  bem...

26. Preciso treinar a paciência;
Meu filho está com 7 anos e eu achava que os bebês que davam trabalho. Eita fase difícil essa, não é criança pequenina e não é grande, tá ali no meio termo, teimosia a flor da pele, testando a gente em todos os momentos...Peço paciência para lidar com tudo e mostrar equilíbrio pra ele!!

27. Sou FELIZ;
Posso dizer que sim, na minha concepção a felicidade não é constante, são momentos felizes o que temos, e tenho vários momentos felizes, talvez pelo fato de observar todos os detalhes, as pequenas coisas me deixam feliz: pentear o cabelo do meu filho depois do banho, comer a sobremesa junto com ele no sofá,chegar em casa e ser recebida pelo amor infinito da Lola(minha cachorrinha), balde de pipoca e netflix, a hora de contar histórias, fotografias...

28. Resiliência
Essa é a palavra da minha vida, mesmo antes de saber que ela existia,rs...Passei por muitos momentos realmente ruins na vida, e em todos eles eu consegui tirar uma lição, sempre pensei positivo mesmo quando era impossível, me adaptei á todos as situações difíceis que a vida me colocou e isso formou a pessoa que sou hoje...

29. Tatuagens;
Tenho 7 tatuagens e umas 10 pra fazer, fiz a primeira com 16 anos e a última aos 20, ou seja, uma década sem nenhuma tattoo, vamos mudar isso ai!!

30. Filhos;
Depois de 7 anos, tive outro bebê e outro parto normal.

31. Amamentar;
Amamentação não é mais um tabu para mim, tive muita dificuldade em amamentar meu primeiro filho e por fim não consegui, mas dessa vez eu mergulhei e me entreguei, tive que buscar forças lá no fundo para não desistir e venci, sigo amamentando e feliz.

32. Tranquilidade;
 Curti a gravidez da Luísa com muita tranquilidade.

33. Carreira e Sucesso;
Tenho um emprego do qual me orgulho muito e sou feliz.

26 de mar de 2018

QUANDO TUDO PEDE CALMA


Dias desses percebi que estava falando com meu filho e olhando as redes sociais ao mesmo tempo e isso me causou um crise enorme: existencial, ansiedade, pensamento acelerado,aff...foi horrível! Me senti péssima como pessoa e como mãe.

E foi por conta desse episódio que decidi deixar tudo um pouco de lado, tenho 32 anos e boa parte dele vivi sem celular, sem internet, sou do século passado e do tempo que a internet caía quando alguém te ligava em casa,rs...Toda essa facilidade que o mundo moderno/contemporâneo nos traz faz com que outras sejam esquecidas, deixadas de lado e eu não quero que isso aconteça comigo, com você...

Eu gosto de momentos, de fotografias reveladas, da espera para a música favorita passar na rádio, de sorrisos verdadeiros, de brincadeiras e aconchego...gosto de como o vento de chuva passa pelo meu rosto e deixa aquele perfume único, gosto de brincar com as sombras no entardecer, todas essas coisas me acalmam, me acalentam...

Resolvi me dar um tempo, adoro escrever aqui para o blog, mas sem neuras sabe, sem números, quero escrever e pensar que é só pra mim, que é só por mim...resolvi deixar o celular descarregado e escrever umas cartas...Quero sempre dar o melhor de mim para o meu filho e minha família, quero esquecer de tirar foto da sobremesa no restaurante, quero esquecer aquela porção de filtros do instagram...Eu quero viver, e viver plenamente cada segundo que Deus me concedeu, quero abraçar, beijar, sentir o perfume de cada um, de cada dia, quero me acalmar e colocar meus pensamentos em ordem, um de cada vez, na fila, sem atropelar nada. E não me ligue hoje porque o carregador do celular está esquecido em alguma gaveta!

23 de mar de 2018

TEM NA NETFLIX: COM AMOR VAN GOGH



E para curtir o final de semana trago uma dica que é pura arte, uma animação linda (indicada ao Oscar) que retrata a vida de um dos principais artistas ( um dos meus favoritos). Adoro quando descubro algo da minha área de atuação e que posso compartilhar aqui com vocês. 

Todos os personagens foram retirados das pinturas de Van Gogh, mais de 100 artistas trabalharam nas pinturas desta animação e o resultado é lindo de se ver, por vezes fiquei anestesiada com a beleza que nem prestava atenção nas falas, na história, me sentia viajando, imersa nas pinturas...

Vincent Van Gogh foi um importante pintor holandês, começou a pintar aos 28 anos, e em apenas 8 anos pintou mais de 800 obras mas teve apenas 1 quadro vendido em toda sua vida, seu reconhecimento veio após sua morte. Sou apaixonada pela história dele e de suas telas, era um cara genial e quem tiver mais interesse pode procurar pelo livro de cartas que ele trocava com irmão, Theo.

Essa animação é realmente uma declaração de amor, uma carta para nós, amantes da arte e de Van Gogh, que com suas cores e pinceladas conseguia passar tantos sentimentos. Assistam e se preparem para viajar pelas pinturas.



14 de mar de 2018

6 ON 6 - INSPIRAÇÕES FOTOGRÁFICAS

Esse 2018 chegou com tudo pra mim, graças a Deus as coisas estão acontecendo, alguns sonhos se realizando e outros se formando, esse é o grande motivo da ausência aqui do blog, a minha vida real tem me tomado 100% do tempo... 
Mas hoje, bem atrasadinha arrumei um tempinho para postar um 6 on 6 que é todo amor...







Esse foi um ensaio muito especial, adoro fotografar mulheres, e gestantes estão sempre com um brilho mágico no olhar. Espero que tenham gostado e logo mais postarei esse ensaio completo aqui no blog...Agora vamos ver o que as outras meninas do 6 on 6 fizeram desta vez:

                                       Anota aí, Fofuras da Kah, Retipatia, Paulinha, Blog Coch 

20 de fev de 2018

LEITURA DO MÊS: O NATAL DE POIROT

Aprendi a ler aos 6 anos de idade e posso dizer que Agatha Christie me influenciou muito, primeiro pelo nome grande na capa de seus livros ( sempre achei lindo) e segundo porque minha mãe passava horas do dia lendo Agatha ou Sidney Sheldon, e curiosa como sempre fui quis logo saber o que prendia tanto a atenção da minha mãe, perguntava sobre o que ela estava lendo e ela dizia:" é um livro para adultos", não quis esperar virar adulta e vez ou outra eu pegava escondido os livros da Agatha para tentar ler e foi assim que comecei...Minha primeira aventura completa foi aos 8 anos de idade, "O natal de Poirot"!

Lembro de ler a noite e ficar com medo na hora de dormir,rs...e 24 anos depois voltei a me aventurar nessa história, e tudo foi novo, uma história diferente, quando li a primeira vez nada me pareceu tão óbvio quanto agora, talvez sejam as 10 temporadas de CSI,rs, ou a inocência de criança, não sei, mas essa segunda leitura foi rápida e logo de cara já desmascarei alguns fatos importantes, me senti muito "Poirot"...


Título: O natal de Poirot
Autor: Agatha Christie
Editora: Harper Collins
Número de Páginas: 221



Que a Agatha é rainha todos já sabemos, mas cada vez que leio uma obra dela fico em choque, ela é perfeita no jogo de palavras e no final de cada história, cada detalhe lido ao longo do livro e que na hora não tinha tanto sentido, fica mais óbvio...



A história se passa na Inglaterra e Agatha nos apresenta a família Lee. Todo o mistério acontece durante a festa de Natal, os personagens, muito bem construídos e atuais, nos são apresentados durante a véspera de Natal...O multimilionário Simeon Lee  convida todos os seus filho para um jantar de Natal e durante a festa um crime acontece...



E nós, leitores, somos praticamente convidados a desvendar esse mistério( Agatha é genial). Durante toda a leitura a autora solta algumas pistas que ao longo da história vai fazendo sentido, cada personagem tem um mistério a ser desvendado para que a verdade apareça. A leitura é rápida e de fácil compreensão, lembrando que essa é uma história de 1938, mas confesso que essa nova edição está fantástica e com uma linguagem atualizada.


Agatha usa muitas referências em seus personagens, como Shakespeare, por exemplo, com uma frase logo no início: “Quem jamais poderia imaginar que aquele velho guardasse tanto sangue dentro de si?” Macbeth



Sou suspeita para falar de Agatha, mas somos fisgados pela história logo no início, daqueles livros que não dá para parar de ler, queremos saber logo o que acontece e se nossas impressões estão certas, se matamos a charada...Super recomendo a leitura de "O natal de Poirot" ou de qualquer outra obra de Agatha, ela é impressionante e faz jus ao título de Rainha do Crime!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.